Quem Somos

Diretor Presidente

José Furtado – Engenheiro com especialização em Sustentabilidade e Responsabilidade Social, pesquisador/consultor na área de destinação e reaproveitamento de resíduos. Membro do COMDEMA 2011-2017 e do Conselho do Orçamento Participativo 2012-2016. Participou da organização da Conferência Municipal do Meio Ambiente, em Campinas e Paulínia, 2013. Prêmio RAC-SANASA de Responsabilidade Ambiental, 2010. Participou do comitê de trabalho para o desenvolvimento da NBR 20121, Gestão Sustentável de Eventos. Participa de diversos coletivos locais. Membro da Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (RAPS) e Coordenador do programa Campinas Que Queremos.

 Diretora Administrativa

Maria Alzira Pimenta – Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas, Mestre em Artes pela USP. Tem experiência na Educação Básica como professora, diretora e coordenadora de Educação de Jovens e Adultos. Participou do Projeto de Educação Continuada para professores e gestores (UNICAMP/PNUD), da Rede Estadual de Ensino (Campinas, Monte Mor, Capivari, 1998). No Ensino Superior, lecionou nos cursos de administração, turismo e pedagogia e integrou o corpo docente do Programa de Mestrado em educação da Universidade de Uberaba – UNIUBE. Atualmente, é professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade de Sorocaba.

================================================================

 Campinas Que Queremos

Missão:

Atuar pela transparência das esferas de poder, pelo exercício da soberania popular, pela ampliação e fortalecimento da participação da sociedade nos espaços de decisão e controle social, incidindo na definição de políticas públicas e no acompanhamento cidadão de sua execução.

Visão:

Ser uma Rede Cidadã pelo controle social e transparência das informações públicas, reconhecida em âmbito nacional por sua autonomia, imparcialidade no trato dos dados e exemplar qualidade dos trabalhos.

Valores:

Autonomia: autonomia em relação ao Estado, aos governos, às religiões e aos partidos políticos. Defendemos também a autonomia dos indivíduos com relação a todas suas crenças, orientações e expressões.

Transparência: acesso universal às informações públicas, tanto aquelas produzidas pela máquina pública como às dos indivíduos eleitos(as) ou nomeados(as) para cargos públicos.

Liberdade: a liberdade de organização, a livre expressão dos diferente grupos e indivíduos, assim como o pluralismo político, religioso, étnico, racial, de gênero e de orientação sexual.

Participação: atuação da sociedade civil, no pleno exercício de sua soberania, nos espaços de decisão. A participação pressupõe a construção de uma cidadania ativa e atuante.

Diversidade: respeito às diferenças dadas por aspectos da vida: gênero, geracional, raça/cor, etnia, orientação sexual, deficiências, dentre outras. A diversidade e a igualdade, são conceitos complementares e interligados.

Igualdade: somos iguais em nossa diversidade. O conceito de igualdade se opõe à todas as formas de desigualdades, sejam elas de origem econômica, política, social, geracional, territorial, cultural, religiosa ou de expressão sexual.

Sustentabilidade: alternativas de desenvolvimento do indivíduo, da sociedade e do meio econômico que considerem a igualdade, a cultura, a justiça social e o equilíbrio ambiental respeitando os direitos das presentes e futuras gerações.


O Observatório Campinas Que Queremos é um projeto gerido pelo Instituto Campinas Sustentável.

Os comentários estão encerrados.