Corrupção


Transparência Internacional

publica Índice de Corrupção Percebida (2014)

Campanha-contra-a-Corrupção-CNJ-vazada


“Países com índices ruins precisam adotar medidas anti-corrupção radicais em favor de seus cidadãos. Países no topo da lista devem evitar que não exportem práticas corruptas para os paises menos desenvolvidos.” (José Ugaz, Transparência Internacional)

Escolas mal equipadas, medicamentos falsificados, eleições decididas por dinheiro, estas são apenas algumas das consequências da corrupção no setor público. Suborno e acertos a portas fechadas não apenas desviam recursos dos mais vulneráveis, eles comprometema a justiça e o desenvolvimento econômico, e destroem a confiança da sociedade no governo e seus líderes.


Navegue no quadro para ver o Índice de todos os países.

Baseado em opiniões de especialistas do mundo todo, o Índice de Corrupção Percebida, levantado pela Transparência Internacional (www.transparency.org) mede os níveis de corrupção do setor público de 175 países, como percebido pelos especialistas. E a imagem é alarmante. Nenhum país recebu a nota máxima e mais de dois terços tem marca abaixo de 50, numa escala que vai de 0 (altamente corrupto) até 100 (muito limpo).

Corrupção é um problema em todos os paíse. Uma pontuação baixa é sinal de suborno altamente comum, falta de punição aos corruptos e corruptores, e instituições que não atendem às necessidades dos sidadãos. Mesmo os países no topo da lista precisam agir. Os mais adiantados centros financeiros na Europa e EUA, precisam se unir às economias em crescimento de forma a bloquear a fuga de divisas. O G20 precisa realmente provar seu papel de liderança, prevenir a lavagem de dinheiro e reprimir empresas laranja de mascararem a corrupção.

(traduzido de www.transparency.org/cpi2014/results)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

     

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>